quarta-feira, 5 de junho de 2013

Eu e a Titia

Eu sou a Paty e essa é a 7ª vez que narro coisas que aconteceram comigo a tempos atrás, as outras narrativas foram, entre eu e o meu primo no sitio do interior de São Paulo, já se passaram alguns meses das minhas férias que passei no sitio, onde meu primo tirou meu cabaço, e depois ele e um amigo pausudo, fizeram a 1ª DP em mim, que fiquei uns dias com o cu e a buceta arregaçados e doloridos, Rssssss, isso eu narrei em contos anteriores, depois narrei com o mano e o priminho; em minha casa, moro com meus pais, o mano, minha tia e o priminho; eu durmo no mesmo quarto da minha tia, e o meu mano e meu primo dormem no quarto deles, e meus pais dormem na suíte. Eu o mano e o priminho, (como já falei nas outras narrativas; eles são dois anos mais novos que eu, eu nasci em 1993 e eles são de 1995 respectivamente)e o fato que estou narrando agora é continuação do que passou em março de 2008. Eu ainda tinha 18 anos, pois faço aniversário dia 20/05 e os meninos tinham 18 anos, mais eu já tinha mais experiências que eles.(esse fato que estou narrando também passou em Abril de 2008.
Nós estudamos de manhã, os garotos passam a tarde em casa sozinhos, somente duas vezes por semana vai a diarista, os outros dias ficam sós, eu como falei no conto anterior gosto de ganhar meu dinheirinho, faço pés e mãos das madames no salão de beleza da mamãe e da titia, já tenho algumas clientes que só fazem comigo, elas dizem que eu tenho as mãos leves e delicadas, e tem algumas que alem de pagarem pelo serviço me dão boas gorjetas, Tem uma senhora, ela é casada, deve ter uns 30 anos, morena clara, bonita, e pelos carros que ela usa, e pelas gorjetas que ela me da, deve ser rica, ela vem todas a semanas fazer mãos e pés, ela sempre pede uma massagem com cremes nos seus pés, ela diz que minha massagem é relaxante, e que ela adora o toque das minhas mãos, e de uns tempos pra cá ela fica me provocando, pois quando to fazendo seus pés que fico no banquinho sentada com seus pés no meu colo, ela fica com as pernas abertas mostrando a calcinha, e somente eu tenho essa visão pois estou sentada bem na sua gente, no banquinho baixo e ela na cadeira alta, da última vez que fiz os seus pés ela estava com uma calcinha transparente, dava para ver a sua buceta e os poucos pelinhos que apareciam, e isso mexeu comigo, até agora só tinha tesão por pinto, mais de tanto essa cliente(a Maura) me provocar comecei a ter um grilinho na cabeça, e ter fantasias, como durmo no quarto com minha tia, comecei a ter fantasias e olhar minha tia com outros olhos também, quando ela se troca, que ela fica só de calcinha eu olho no volume que ela tem na buceta, e eu não tinha coragem de falar pra ela, (aí encontrei uma senhora muito experiente num site de relacionamento, (vou chama-la de madrinha, pois era assim que eu a chamava) nos adicionamos no MSN para ficar mais fácil nossa comunicação, e com ela eu me abri, falei que já tinha transado com meu primo no sitio, com o chicão tbm do sitio, e com o meu mano e meu priminho, que eu adorava sexo, que eu era aberta para novos conhecimentos e que eu não era preconceituosa, ela me falou que era normal na minha idade querer conhecer coisas novas, eu disse pra ela que eu estudava, e que não era uma putinha que ficava dando pros coleguinhas, que eu adorava sexo, mais que eu me preservava, não ia saindo com todo mundo, mais que eu transava com o primo do sitio e com o seu amigo sempre que tinha oportunidade, e que aqui em casa eu transava com o mano e o priminho, que eu gostava de vê-los um metendo no cu do outro, que as vezes enquanto um tava dando o cu, eu adora chupar o pinto do que estava sendo enrabado, chupava até encherem minha boca de porra, que adorava o gostinho da porra, engolia tudinho, a Madrinha nunca me recriminou por isso, ela adora que no MSN eu narre com detalhes as minhas transas, ela me dizia que ficava com a boceta molhada de tesão, rssss, e para depois que eu contava com detalhes e ela com a experiência de vida que ela tinha poderia me aconselhar, e ela sempre estava tirando minhas dúvidas, e quando eu disse a ela que estava sentindo tesão pela minha tia, ela ficou um pouco preocupada, me pediu um tempinho que ela iria achar um jeitinho par eu testar a titia, ficar observando o jeitinho dela sem me expor muito; e ela teve a ideia para eu pedir pra titia me depilar, pois eu já tinha uns pelinhos, umas penugens na minha buceta, e como a minha tia fazia depilação nas clientes do salão, era para eu pedir para ela fazer em mim também; achei ótima a ideia: certa noite chegamos do trabalho, tomamos banho, jantamos e fomos pro nosso quarto dormir, criei coragem para por em prática os conselhos da Madrinha; estava calor e eu ia dormir só de camiseta e calcinha e minha tia idem, mais antes de deitar falei pra minha tia: Titia não vai ficar brava comigo, mais preciso pedir algo pra senhora, ela me disse: Fala não vou ficar chateada

Nenhum comentário:

Postar um comentário